domingo, agosto 15, 2010

Flamengo vence o Ceará no Maracanã



  • Renato Abreu e Leandro Amaral estrearam pelo Flamengo neste sábado (14.08), mas quem decidiu a partida contra o Ceará foi um velho conhecido da torcida rubro-negra. O apoiador Petkovic, de pênalti, furou a melhor defesa do Brasileirão e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre a equipe de Fortaleza, que deu fim a uma série de quatro jogos com resultados negativos do time da Gávea no campeonato.

    Com a vitória, o Flamengo vai a 20 pontos e assume a sétima colocação da tabela. Na próxima rodada, o time da Gávea viaja para Curitiba, onde enfrenta o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. Já o Ceará, que enfrenta o Grêmio na próxima rodada, fica com 21 e cai para o quarto lugar, com apenas um ponto à frente dos rubro-negros.
    Domínio pela direitaA estreia era de Renato Abreu, mas que começou o jogo com o pé calibrado foi Michel, do Ceará. Aos 14 minutos, ele cobrou falta de longa distância com força, dando trabalho ao goleiro rubro-negro, Marcelo Lomba. Seis minutos depois, aos 20, o Flamengo teve sua primeira chance: Leonardo Moura deu arrancada em velocidade pela direita e invadiu a área, mas caiu e o juiz não assinalou a penalidade máxima. E foi por aquele lado que o time da Gávea mais ameaçou.

    No entanto, a partida foi amarrada, com poucas oportunidades. Até que a estrela de Petkovic brilhou no Maior do Mundo. Aos 31, ele esteve perto de marcar em cobrança de escanteio, mas Diego salvou. O ex-goleiro rubro-negro, no entanto, nada pôde fazer aos 44. O incansável Willians fez jogada individual, novamente pelo lado direito, e foi derrubado na área. Dessa vez, Wagner Reway marcou e Petkovic cobrou com perfeição para delírio da torcida do Flamengo, que compareceu em bom número ao estádio.
    Defesa garante a vitóriaO gol parece ter motivado o Flamengo, que logo aos dois minutos da etapa final teve grande chance de marcar. O zagueiro Welinton fez boa tabela com Petkovic, driblou um defensor do Ceará e foi derrubado na entrada da área. O sérvio, no entanto, cobrou na barreira. Aos seis, foi a vez de Leo Moura chutar cruzado e a zaga cortar.

    Depois disso, os cearenses passaram a ter mais posse de bola e buscar o ataque, mas sem conseguir penetrar na defesa rubro-negra. Já o Fla, nos contra-ataques, assustava, e o jogo ficou mais aberto. Aos 19 minutos, quando Renato cobrou falta com muita força e Diego espalmou para escanteio. Logo na saída de bola, o Ceará teve boa chance de empatar, com Washington, que, de dentro da área, chutou forte por cima do gol.
    O jogo seguiu aberto, movimentado, mas o placar não se alterou, e no fim, festa da torcida rubro-negra, que reafirmou seu apoio inconcidional à equipe cantando bastante o hino do clube após o apito final.
    FLAMENGO 1 X 0 CEARÁ
    Local:
     Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)Data: 14 de agosto de 2010, sábadoÁrbitro: Wagner Reway (MT)Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)


    Público: 20.696 pagantes e 27.393 presentes Renda: R$559.875,00 Gol: Petkovic, aos 42 minutos do primeiro tempo Cartões amarelos: Michel, Anderson (Ceará), Petkovic, Willians, Renato, Correa, Marcelo Lomba(Flamengo)


    FLAMENGO: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Michael (David); Correa, Willians, Renato Abreu e Petkovic; Leandro Amaral (Vinícius Pacheco) e Val Baiano (Galhardo). Técnico: Rogério Lourenço


    CEARÁ: Diego; Oziel (Diogo), Fabrício, Anderson e Ernandes; Michel, João Marcos (Geraldo), Heleno e Camilo; Tony (W.Amorim) e Washington. Técnico: Mário Sérgio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Aviso importante.

Todo conteúdo do blog foi enviado ou extraído da internet, caso se sinta ofendido, comente que eu retiro.